Duo Cellar

Em fevereiro de 2013, nos reunimos como estudantes na Universität Mozarteum Salzburg e em junho fundamos nosso Duo. Por causa da rara combinação Violoncelo / Violão e o pequeno repertório, nos tornamos uma grande motivação para criar algo novo. Começamos uma pequena viagem pelos diferentes estilos musicais da Europa e da América do Sul e começamos a organizar nossos instrumentos. Em nosso repertório surge uma alternância entre a tradicional música folclórica da America Latina com a música européia clássica. Nós já criamos alguns shows na Alemanha, Áustria, Espanha e no verão de 2014 fizemos nossa primeira turnê pelo Chile. Em novembro de 2015, publicamos nosso primeiro CD “La vida breve“.



Danilo Cabaluz Ducasse

Obteve a sua licenciatura na turma de Luis Orlandini, no departamento de artes da Universidade do Chile, mestre em licenciatura e pós-graduação na turma de Eliot Fisk na Universität Mozarteum Salzburg. Ele foi classificado com a qualificação mais alta e o reconhecimento máximo. Participou de várias master classes com Eduardo Isaac, Eduardo Fernández, Marco Socias, Ricardo Gallén e Leo Brouwer. Participou do festival internacional de violão de Santiago “Entre Cuerdas”, IX Seminário de interpretação musical (Mar de Plata – Argentina), semanas musicais do XV Frutillar, festival internacional de música contemporânea (U. de Chile), I Seminário Internacional de Violão de Santiago. Tempos oficiais de concertos da Orquestra USACH, Festival de Violão de Lausanne (Suiza), Câmara de Música Internacional de Salzburgo (Áustria), entre outros. Ele era um membro do Barroco Andino e Ensamble de Guitarras do Chile. No presente, ele é membro do Quarteto de Violões “Mosaiko”. Juntamente com o quarteto e como solista, atuou nas mais importantes salas de concerto do Chile e de outros países, como Colômbia, Equador, Argentina, Espanha, Holanda, Alemanha, Áustria e Suíça. Já se apresentou várias vezes como solista e como parte do quarteto de violões em conjunto com a orquestra da Universidade de Santiago (USACH). Antofagasta orquestra sinfônica e Camerata da Universidade dos Andes pela orientação de Santiago Meza, Aliosha Solovera, Christian Baeza e Eduardo Brown. Atualmente, ele está participando da turma de Eliot Fisk na Universität Mozarteum Salzburg. A bolsa foi oferecida pelo governo do Chile em 2009.

Julia Willeitner

Julia Willeitner nasceu em 1993 em Passau, na Alemanha. Ela teve suas primeiras aulas com a idade de doze anos por Siglinde Käß. De 2006 a 2009, ela teve aulas com Hartmut Caßens em Passau. 2009 ela continuou a Gregor Babica em Passau. Em setembro de 2010 ela se juntou ao violoncelo de Wolfgang Nüsslein em Regensburg como aluna preliminar. Em outubro de 2011, mudou-se para o Mozarteum em Salzburgo, onde começou aqui estudos com o Prof. Heidi Litschauer, Prof. Giovanni Gnocchi. Desde 2015, ela continua com o Prof. Enrico Bronzi. Julia participou de algumas master classes com Guido Schiefen, Claudio Bohorquez, Matthias Diener e Peter Bruns. Muitas experiências ela conseguiu tocando em diferentes orquestras como a Neue Philharmonie München (concertos no Azerbaijão, Itália, França, Suíça, etc.) Wiener Jeunesse Orchester, e a Domorchester em Passau. Em junho de 2013 fundou em conjunto com o violonista chileno Danilo Cabaluz “Duo CellAr”. Eles já tocaram na Alemanha, Áustria, Espanha e no verão de 2014 fizeram sua primeira tourne pelo Chile. Em novembro de 2015, o Duo publicou seu primeiro CD “La vida breve“.

Duo CellAr – La vida breve (Manuel de Falla)

Comentários no Facebook